Como Plantar, Cultivar e Cuidar de Portulaca

Você está visualizando atualmente Como Plantar, Cultivar e Cuidar de Portulaca

Escolhendo Plantas para o Jardim

Quando escolhemos plantas para nossos jardins, geralmente procuramos por aquelas que são versáteis: plantas que ficam lindas no jardim, lidam bem com várias condições e não exigem muita atenção. Uma ornamental deslumbrante que atende a todos esses requisitos é a Portulaca grandiflora.

Comumente conhecida como onze-horas, essa planta suculenta vem com uma longa lista de benefícios e usos. Ela é tolerante à seca, lida bem com o calor e produz uma massa de flores coloridas que iluminam canteiros e cestas. São incrivelmente de baixa manutenção e fáceis de cultivar a partir de sementes, enchendo seu jardim de cor ano após ano.

Se você se apaixonou pela Portulaca, este guia cobrirá tudo o que você precisa saber sobre como cultivá-la, plantá-la e cuidar dela.

Visão Geral da Planta Portulaca

Espécie: Portulaca grandiflora

Área Nativa: América do Sul

Requisitos de Rega: Baixos

Pragas e Doenças: Pulgões, podridão radicular

Época de Floração: Verão até a geada

Sobre a Portulaca

Uma bela suculenta, a Portulaca é perfeita para jardins ornamentais que economizam água.

Portulaca grandiflora, ou onze-horas, é uma adorável planta suculenta do gênero Portulaca. Este gênero é tão especial que tem sua própria família – Portulacaceae – conhecida como beldroegas. Essas anuais suculentas são conhecidas por suas delicadas flores semelhantes a rosas (daí o nome comum) e folhagem suculenta carnuda que surge em forma de agulhas ao longo do caule.

O nome do gênero Portulaca vem do latim portula, que significa “pequena porta”, referindo-se à cápsula de sementes que contém uma massa de pequenas sementes para dispersão.

As cores vibrantes das flores de Portulaca e a facilidade de cultivo tornaram essas plantas indispensáveis para jardins ornamentais e que economizam água. De vermelhos cativantes a amarelos brilhantes ou toques de rosa e laranja, há uma variedade para combinar com o esquema de cores de qualquer jardim. Pacotes de sementes frequentemente vêm com cores mistas para criar um caleidoscópio vibrante onde quer que sejam espalhadas.

História e Usos

Incrivelmente resiliente e adaptável, esta planta suculenta prospera em condições áridas e difíceis.

A Portulaca vem de condições áridas e difíceis, o que a torna incrivelmente resiliente e adaptável. Ao longo dos séculos, plantas deste gênero foram usadas tanto para fins ornamentais quanto medicinais para tratar várias doenças. No entanto, o apelo estético da planta – particularmente a Portulaca grandiflora – tem atraído (e continua a atrair) a maior atenção entre os jardineiros.

Graças ao seu crescimento denso e flores coloridas em cascata, um dos melhores usos para a Portulaca grandiflora é em cestas suspensas. Sua capacidade de suportar solo seco e muito calor as torna ideais para climas quentes onde outras plantas lutam em cestas que secam rapidamente.

Em canteiros, elas permanecem baixas e compactas, não chamando muita atenção, mas explodindo em cores desde o final da primavera até o outono. Quando várias plantas são usadas para alinhar canteiros ou caminhos, elas fazem uma declaração real enquanto exigem pouca ou nenhuma atenção para crescer bem.

Características

Proporcionando uma explosão de cor duradoura, essas flores florescem do final da primavera até o início do outono.

As portulacas são conhecidas por sua capacidade de suportar altas temperaturas e prosperar em pleno sol. Sua natureza resistente as torna ideais para jardins de pedras, recipientes ou até mesmo como cobertura do solo em áreas ensolaradas e bem drenadas.

As folhas finas, mas carnudas, retêm bem a água, permitindo que a planta lide facilmente com períodos de seca. É uma excelente suculenta para climas mais quentes que recebem muita luz solar ou calor intenso, mas pouca chuva. Se você deseja iniciar um jardim que economiza água ou xeriscaping, esta é uma planta que você precisa na sua lista de compras.

O verdadeiro charme da Portulaca está em suas flores. Elas florescem do final da primavera até o início do outono, proporcionando uma explosão de cor duradoura. Quando o sol se põe ou em dias nublados, as flores se fecham, abrindo novamente quando o sol retorna.

Plantio

Plantas iniciadas em ambientes internos podem desfrutar de um começo quente e seguro.

A Portulaca pode ser comprada em vasos no viveiro local (na estação certa), mas é muito mais fácil cultivá-la a partir de sementes, especialmente se você quiser que as plantas se adaptem rapidamente ao seu jardim. Elas não gostam de ser manuseadas e têm sistemas radiculares rasos que não respondem bem ao transplante, então semear diretamente é a melhor opção para a maioria dos jardins.

Se você está ansioso para colocar as plantas no jardim o mais rápido possível, pode começar a semear em ambientes internos cerca de 6 a 8 semanas antes da última data de geada da sua região. No entanto, certifique-se de ser extremamente cuidadoso com as raízes ao transplantar para evitar problemas de choque.

Plantas iniciadas em ambientes internos se beneficiam de um início quente e seguro, o que pode levar a uma deslumbrante floração no final da primavera. Mas se você estiver disposto a esperar um pouco mais, provavelmente terá plantas mais fortes ao semear diretamente após a última geada.

Sementes

Evite perturbar as sementes sendo gentil ao regar, especialmente quando o crescimento jovem surgir.

Semeie as sementes em uma bandeja de sementes cheia com uma mistura leve e bem drenada para mudas. Evite misturas pesadas, pois menos resistência e boa drenagem ajudarão a desenvolver os sistemas radiculares mais fortes possíveis desde cedo.

Se sua região experimentar ondas de frio, use um tapete térmico para melhorar as taxas de germinação, pois essas plantas não apreciam o frio. O solo deve permanecer quente, em torno de 24°C, para a melhor germinação possível.

As sementes de Portulaca são minúsculas e podem ser difíceis de manusear. Esvazie o pacote de sementes na sua mão e polvilhe-as sobre o solo (como faria ao polvilhar sal). Em vez de cobrir com uma camada espessa de solo, pressione as sementes suavemente para que fiquem em contato com o solo.

Uma mão gentil é essencial ao regar para evitar perturbar as sementes, especialmente quando o crescimento jovem surgir. Não perturbe o crescimento inicial enquanto os sistemas radiculares rasos tentam se firmar.

Transplante

Conhecida por sua tolerância à seca, esta planta prospera em condições de solo pobre como uma suculenta.

Mantenha o solo levemente úmido nas primeiras semanas e não sature demais o solo. A germinação deve ocorrer dentro de duas semanas nas condições certas, após o que elas precisarão de muita luz para impulsionar o crescimento. Se você estiver semeando em ambientes internos, pode precisar da ajuda de uma luz de crescimento para esta etapa.

Afine para uma muda por célula removendo as mudas mais fracas para dar espaço para as mudas mais fortes crescerem. Uma vez que as temperaturas externas subam e todas as chances de geada tenham passado, elas estarão prontas para serem movidas para fora. Aclimate-as lentamente colocando a bandeja ao ar livre por períodos de tempo gradualmente crescentes ao longo de alguns dias antes de introduzi-las no jardim – um processo conhecido como endurecimento.

Ao transplantar, prepare seu local com solo arenoso ou granulado e bem drenado. Como uma suculenta conhecida por sua tolerância à seca, a Portulaca prospera em condições de solo pobre. Na verdade, isso pode até levar a flores mais vibrantes.

Cave pequenos buracos e transplante suas mudas, deixando um espaço de cerca de 30 cm entre cada uma. Ao plantar em recipientes, uma mistura de solo bem drenada é vital, junto com orifícios de drenagem para ajudar a remover o excesso de umidade.

Como Cultivar

A Portulaca é uma planta quase sem esforço que prospera mais com negligência do que com muita atenção. Contanto que você possa começar com as condições certas e adicionar um toque de cuidado ocasional, elas lhe proporcionarão um tapete de flores brilhantes durante os meses de verão.

Luz

Esta planta precisa de um local com pelo menos seis a oito horas de luz solar direta diariamente.

A Portulaca adora o sol, exigindo um local que receba pelo menos seis a oito horas de sol direto por dia. Essas plantas resistentes estão no seu melhor quando estão sob sol intenso. Escolha um local com a luz mais brilhante possível para obter as melhores flores.

Na verdade, sem luz solar adequada, essas plantas não florescerão tão profusamente e seu crescimento parecerá esparso e fraco. Se estiver muito escuro, as flores não se abrirão. Elas respondem à luz solar – então dê-lhes o máximo possível.

Água

A Portulaca é intolerante a solo encharcado ou rega excessiva, como a maioria das suculentas.

Graças às suas folhas suculentas que armazenam umidade, essas suculentas não requerem rega frequente. A chuva geralmente é suficiente para mantê-las felizes se plantadas ao ar livre e em canteiros. Em climas mais secos ou ao cultivar em vasos, elas precisarão de um pouco mais de atenção, mas nunca ao ponto de serem exigentes.

Como a maioria das plantas suculentas, a coisa mais importante a lembrar é que a Portulaca não pode tolerar solo encharcado ou rega excessiva. Se as raízes rasas permanecerem encharcadas por muito tempo, isso pode levar à podridão radicular e morte precoce.

Além de plantar no solo certo, evitar regar quando o solo ainda estiver úmido é vital. Elas preferem permanecer no lado mais seco.

Solo

É altamente adaptável e pode prosperar em solos pobres e rochosos.

Quanto ao solo, a Portulaca não é exigente – desde que seja bem drenado. Alterar o solo argiloso pesado com areia ou perlita pode ajudar a melhorar as condições se o seu solo não drenar bem o suficiente. Se cultivar em recipientes, procure uma mistura de solo para suculentas e cactos para obter os melhores resultados, em vez de solo de envasamento padrão que pode não drenar bem o suficiente para manter essas plantas felizes.

A Portulaca grandiflora é bastante adaptável e pode até prosperar em solos pobres e rochosos, tornando-a uma excelente escolha para aquelas áreas do seu jardim onde outras plantas lutam para crescer.

Temperatura e Umidade

A Portulaca prospera em temperaturas acima de 15°C para um crescimento ideal e é bem adaptada para lidar com calor intenso.

Como originárias das regiões secas e quentes da América do Sul, as plantas de Portulaca são mais adequadas para temperaturas quentes. Elas podem lidar bem com o calor e preferem temperaturas acima de 15°C para o melhor crescimento possível. Embora tipicamente cultivadas como anuais em várias zonas USDA, elas podem ser cultivadas como perenes nas zonas 10 a 12.

A umidade também não é um problema para essas plantas resistentes. Elas crescem melhor em condições áridas, mas podem prosperar mesmo em áreas costeiras com umidade relativamente alta. A umidade extra aumenta suas chances de doenças fúngicas, então é melhor ficar de olho nas plantas se você viver em uma área de alta umidade.

Fertilização

Elas geralmente não requerem muito, se algum, fertilizante adicional.

As plantas de Portulaca não são grandes consumidoras de nutrientes. Na maioria dos casos, elas não precisarão de muito (se algum) fertilizante adicional.

Se suas plantas estiverem crescendo em solo pobre, você pode dar-lhes uma alimentação leve com um fertilizante balanceado de liberação lenta no início da estação de crescimento. Mas sempre siga as instruções de perto.

Muito fertilizante pode levar a crescimento excessivo de folhagem ou até mesmo danos às raízes, limitando suas chances de flores. Fertilize essas plantas menos, em vez de mais, e se você não tiver certeza de quando foi a última vez que fertilizou, evite alimentar.

Manutenção

Recolha sementes de suas plantas no final da estação de crescimento para semear no próximo ano.

Um dos principais benefícios de cultivar Portulaca é a manutenção limitada necessária para mantê-las felizes.

Remover flores murchas pode ajudar a incentivar mais flores e manter a planta com uma aparência arrumada, permitindo que você se concentre em apreciar as belas flores quando elas se abrirem.

No final da estação de crescimento, você pode recolher sementes de suas plantas de Portulaca para semear no próximo ano. Esta é uma maneira fácil e econômica de continuar a cultivar essas belas plantas ano após ano. Alternativamente, você pode deixar as sementes se espalharem naturalmente em seu jardim ano após ano.

Propagação

Se você conseguir manter as plantas protegidas do frio em ambientes internos ou em uma estufa, a Portulaca é fácil de propagar a partir de estacas, permitindo que você expanda sua coleção. Alternativamente, você pode recolher sementes no final da estação para semear novamente no ano seguinte.

Estacas

Propagar Portulaca a partir de estacas é fácil, como qualquer outra planta de caule macio.

Propagar Portulaca a partir de estacas é tão fácil quanto com qualquer outra planta de caule macio. Comece escolhendo um caule saudável de uma planta saudável. Cerca de 10 cm de comprimento geralmente é suficiente. Remova as folhas da metade inferior do caule, deixando apenas as folhas superiores.

Depois de preparar sua estaca, é hora de plantar. Como as suculentas são propensas a apodrecer, você verá muito mais sucesso ao propagar no solo. Uma mistura de solo de envasamento e areia ou uma mistura para suculentas funciona bem. Insira a extremidade cortada do caule no solo preparado, garantindo que os nós onde você removeu as folhas estejam completamente enterrados.

Após o plantio, coloque o vaso em um local quente com muita luz solar brilhante. Você não precisará regar imediatamente se o solo estiver ligeiramente úmido ao plantar. Uma vez que seque, regue com moderação para evitar o excesso de água, pois isso pode levar à podridão.

Suas estacas devem começar a desenvolver raízes em algumas semanas, e um novo crescimento aparecerá. Dependendo da estação e da sua região, você pode transplantá-las para vasos para proteção extra ou diretamente para o jardim.

Sementes

Uma vez que a planta tenha florescido no verão, as cápsulas de sementes se desenvolverão.

As cápsulas de sementes se desenvolverão uma vez que a planta tenha florescido no verão. Espere até que essas cápsulas estejam secas antes de removê-las da planta. Tenha cuidado ao removê-las, pois elas podem se abrir facilmente, derramando as pequenas sementes no solo abaixo. Armazene as sementes em um recipiente hermético até que esteja pronto para plantar novamente na primavera seguinte.

Para plantar:

  • Prepare uma bandeja ou vaso com uma mistura de solo arenoso e bem drenado.
  • Espalhe as sementes finamente na superfície.
  • Pressione suavemente.
  • Mantenha as sementes úmidas, mas tenha cuidado para não regar demais até que germinem.

Você também pode deixá-las se auto-semearem naturalmente em vez de coletar as sementes. No entanto, isso pode ser arriscado, pois as pequenas sementes de Portulaca se espalham rapidamente e podem se tornar difíceis de remover se o movimento das sementes não for controlado.

Problemas Comuns

Essas plantas são valorizadas por sua natureza resistente, mas podem sofrer de certos problemas com o ambiente ou cuidados inadequados. Embora geralmente sejam livres de problemas, estes são alguns problemas comuns que você precisa ficar de olho:

Falta de Flores

Considere mover suas plantas para um local mais ensolarado se estiverem em uma área sombreada ou parcialmente sombreada.

Se suas plantas de Portulaca não estiverem florescendo como esperado, o culpado mais provável é a luz solar inadequada. A Portulaca prospera em pleno sol e precisa de cerca de seis a oito horas de luz solar direta para produzir suas flores características.

Se suas plantas estiverem em uma área sombreada ou parcialmente sombreada, mova-as para um local mais ensolarado. Além disso, certifique-se de que seu solo drene bem e que a planta não esteja encharcada,